I'm not in the mood, 2008


Criação de um espaço que nos remete para um escritório qualquer, de um prédio abandonado onde a ausência de vida parece circunscrever-se aos vestígios dum passado recente. O mundo pós-apocaliptico. O vídeo projetado sobre o rosto/morto do monitor do computador (em cera), pretende apaziguar as ausências e as percas, mas também fazer renascer a imagem e lembrança do que foi. É a reposição da alma e da matéria.


———————
Voltar