Passadiço, 2009


A Ideia de “passadiço” pretende fazer uma “ponte” direta com o “corredor” em mármore existente na praça do Santuário de Fátima e que é utilizado pelos Fieis para cumprir as Promessas feitas à Nossa Senhora de Fátima.



* peça que integrava a exposição coletiva Rostra



ROSTRA
"È uma plataforma, um púlpito usado na Roma antiga para proferir discursos gloriosos às multidões, e simultaneamente celebrar os funerais e velar os mortos. Rostra aqui serve também como plataforma na qual se apresentam espaços de reflexão sobre o binómio Dor/Glória, levando-nos a questionar o papel/estatuto do artista e do espectador. A obra surge então como Objeto sujeito a interpretação, tradução e crítica. A Dor física, a dor Moral, a Glória ideal, a Glória social e o artista como o Midas que sofre com o seu próprio poder.
Os trabalhos apresentados refletem sobre as disparidades e as conformidades entre estes dois conceitos abstratos, funcionando, assim como a Rostra como plataformas de um discurso"


———————
Voltar